DIETA CETOGENICA:

REEDUCAÇÃO ALIMENTAR
DIETA CETOGENICA
A dieta cetogênica é planejada individualmente. Não forneça sua dieta para outros pacientes.
O tratamento com a dieta será feito por 2 ou 3 anos.
No primeiro mês a dieta requer um ajuste. Mantenha sempre as anotações da cetonúria e variações do peso.
Após o período de ajuste a dieta permanecerá sem mudanças.
O jejum é o primeiro passo para o início da dieta cetogênica.
O jejum consome os estoques de glicose, forçando então o corpo a queimar as gorduras.
A incompleta queima das gorduras produz os corpos cetônicos que com o passar do tempo vai subindo no sangue e na urina.
O jejum provoca uma mudança no corpo trocando a forma de energia que o nosso corpo usa em condições normais, ou seja, troca a utilização da glicose para a utilização das gorduras. O jejum provoca cetose ou seja aumento dos corpos cetônicos podendo ser medida através da urina, pela fita de cetonúria.
Os corpos cetônicos são medidos na urina. Uma medida de 4+ indica um alto nível de cetonas na urina. Uma leitura de 3+ ou 2+ indica um moderado nível de cetonas na urina. Uma leitura de 1+ indica um baixo nível de cetonas na urina. Lembre-se que quanto maior o nível de cetonas melhor o controle de crises.
Os corpos cetônicos tem um efeito sedativo e um efeito supressor do apetite.
Cetose significa que as cetonas aumentaram no sangue e urina. Quanto mais profunda a cetose, melhor o controle de crises.
A dieta cetogênica mantém esse processo e é desta forma que pode ocorrer o controle das crises epilépticas.

FONTE: ABE, SITE DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EPILEPSIA

3 Comment

  1. Marcia Leão says: Responder

    Acredito muito nessa dieta! Tomara que essa matéria ajudem penais mais precisam! Bjs

  2. Nossa que interessante!
    Nunca tinha ouvido falar nessa dieta!
    Gú vc está fazendo?
    que acha?
    beijos

    1. Gustavo Leão says: Responder

      ainda nao, vou procurar uma nutricionista para me ajudar nisso amanha

Deixe uma resposta