EPILEPSIA E MATERNIDADE:

Uma parceria de sucesso entre irmãos
falando de epilepsia e filho muito amor, uma parceria entre irmãos
Olá pessoal! segue matéria importantíssima sobre epilepsia, maternidade e seus cuidados redobrados na gravidez.
vamos aprender mais sobre epilepsia!

O uso de medicamentos anti-epilépticos durante a gravidez:

Embora ainda seja discutível o efeito teratogéneo (possibilidade de provocar malformações) de alguns anti-epiléticos, parece haver um risco ligeiramente maior que o existente na população geral.

Em caso algum, deverá ser interrompida abruptamente a medicação.

Amamentação:
A mãe, quando medicada para a sua epilepsia, pode e deve amamentar o bebé. Isso vai permitir que a criança continue a receber pequenas quantidades desses fármacos, que já antes passam através da placenta e cordão umbilical, evitando assim os síndromos de abstinência, provocados pela falta repentina desses medicamentos no bebe.
Fonte: Liga Portuguesa contra a Epilepsia, Sanofi aventis e o blog, de mães para mães

6 Comment

  1. Gú!! Que coisa linda! Amei ver meu logo!!! Vou repostar amanhã!! no meu Blog!! Muito bom saber que a mãe não precisa parar de amamentar o bebê!!
    ótimo post informativo!! beijos

  2. Gostei muito do que li aqui no seu site.Estou estudando o assunto,Mas quero agradecer por que seu texto foi muito valido. Obrigado 🙂

  3. oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

    1. Gustavo Leão says: Responder

      OBRIGADO PELO PRESTÍGIO!

  4. Wow, great post.Much thanks again. Want more.

  5. I truly appreciate this article.Thanks Again. Will read on

Deixe uma resposta